Publicado por: astromundoacs | janeiro 7, 2014

O QUE ESPERAR DO FUTURO

O QUE ESPERAR DO FUTURO

 anjo-tocando-trombeta-a67f46

                                                                                                                                                                                                           Antônio Carlos Scavone

Em todo começo de ano, está sempre presente a preocupação do ser huma­no, de poder antever algu­ma pista de como será o fu­turo. A necessidade de pro­curar uma resposta para sua angústia do amanhã, retira-lhe, não raro, a clareza de perceber o futuro como con­sequência de todas as questões colocadas pelo passado. O futuro é uma colheita. A abundância ou es­cassez dela dependerá mui­to daquilo que foi semeado. Por isso, se quisermos uma transformação maior em nossa vida, teremos que trabalhar sobre causas e não em cima de efeitos. E isso é válido também para um país, um continente e o planeta Terra, como um todo.

Existem alguns concei­tos que são fundamentais para assim pensarmos. Eles terão de ser tomados como premissa. Caso contrário, tudo o que falar­mos não parecerá ter senti­do. Quem discordar deles, terá dificuldade em aceitar o que se segue. Podemos sintetizá-los em três pontos básicos:

a) Há somente uma funda­mental energia ou força no Universo;

b) O espírito é a vida, a al­ma é o construtor, o físico é o resultado;

c) Não existe influência maior que o livre-arbítrio da alma.

Então, podemos enten­der que a mudança do mun­do está na dependência di­reta da transformação dos seres humanos. Começa em nós mesmos. Proje­tando no mundo nosso ódio, teremos um mundo odioso. Refletindo paz e amor, estaremos construindo um mundo melhor. Nossa responsabilidade, pois é muito grande. Sem sensibilidade e com­paixão, sem o verdadeiro sentimento de que “esta­mos no mesmo barco”, não poderá haver progresso espiritual. Na verdade, os ideais po­dem modelar nosso futuro. E modelam, a nível indivi­dual ou social. Nenhum “futurista” deixa de identi­ficar direta ou indireta­mente certos ideais como verdadeiros guias para a construção de novos modos de viver. Qualquer predição de fu­turo que não envolva uma mudança de ideais para a humanidade, não é real­mente uma visão criativa, porém, apenas uma exten­são ou extrapolação do pre­sente. Em essência, os ideais provêm um meio através do qual nós pode­mos quebrar a inércia de velhos padrões de pensa­mentos, sentimento e ação. Os ideais são um instru­mento pelo qual podemos romper com o momento em que estamos mergulhados e tomar um novo rumo. O princípio espiritual dos ideais é o ingrediente que mais ajuda na química des­tes tempos de mudança, além do livre arbítrio. E claro que não são to­dos os ideais. Em outras palavras, os ideais são o berço da estrutura da expe­riência humana. Todos os esforços para manter um determinado “status quo” visa, sobretudo, manter ve­lhos ideais. Entretanto, as leis universais que gover­nam nossas vidas e nossa evolução espiritual apresentam-nos, continua­mente, a oportunidade de formular novos ideais e de nos movermos para um tipo diferente de futuro – tanto para nós como indivíduos, como para a Terra como um todo.

É fundamental, inicialmente, definir, com precisão, o que entendemos como ideal.  Seguidamente há uma confusão entre ideal e objetivo e ambos são usados no mesmo sentido. Um objeti­vo é um produto concreto do que desejamos. Um ideal tem mais a ver com os níveis invisíveis do nosso ser, como vivemos nossas vidas e trabalhamos pelos nossos objetivos. O ideal é o porquê e o como dos nos­sos pensamentos e ações, enquanto um objetivo indi­ca o quê (nos mobiliza e nos faz agir).

O importante, na Nova Era, é que nossos ideais não sejam vistos como im­praticáveis e excessiva­mente visionários. Que não sejam “idealísticos” no sen­tido pejorativo do termo. Se forem muito altos perde­rão sua capacidade efetiva de se concretizarem e de se transformarem num ins­trumento para a nossa autotransformação e para a do mundo. Outro ponto importante é a motivação. Ela vai nos dizer por quê fazemos o que estamos fazendo. Ao de­cidimos trabalhar com nos­sos ideais, estamos dizendo que queremos trazer para o mundo e para a luz, a nossa motivação interior. Mas, mais importante ainda é o espírito no qual vivemos estes ideais. Muitas guer­ras e conflitos, na História humana, tiveram sua ori­gem em ideais bem inten­cionados, mas vividos de uma forma violenta ou impositiva. Porque as pessoas viam neles a verdade única e com fanatismo a defen­diam. Por isso tudo, pode­mos perceber que a expan­são da consciência na Nova Era é um assunto que diz respeito a todos nós. Como pioneiros do pensamento da Nova Era, nós necessi­tamos aceitar o desafio e a responsabilidade de trabalhar com ideais conscientes.

A CRISE E O FUTURO

Muito podemos aprender com os momentos de crise, como uma colheita que nós, individualmente, e a sociedade como um todo possuem responsabilidade.Eles afetam a nossa qualidade de vida e podem nos dar lições positivas sobre o que estamos fazendo. Seja qual for o problema, não devemos empurrá-lo para o futuro. Para não matar a esperança, o seu grande fertilizador. E com ela, desaparecerão o otimismo e a expectativa e procuraremos evitar a che­gada desse futuro. Em outras palavras, o plano físico da existência é uma criação do infinito e é sustentado por ele. A força da vida e a energia da co­mida são projeções na ma­téria das forças criativas dessa Entidade Maior. Assim também o ouro, o petróleo ou qual­quer riqueza mineral. Mes­mo o próprio dinheiro é uma expressão dessa di­mensão mais alta. Na realidade, nós somos os armazenadores e distri­buidores das Energias Infi­nitas, na forma como elas se manifestam na materia­lidade. Mas, são nossos modelos de pensamento, sentimento e ação que determinarão a melhor forma de usarmos os recursos físicos: dinhei­ro, comida, energia, vestuário, abrigo e tempo livre.

Assim precisamos refletir sobre nossa responsabilidade pessoal no contexto da so­ciedade. Na maneira como estamos usando nossa ener­gia e os nossos recursos, dentro da vida cotidia­na. Sem essa consciência, não cons­truiremos uma nação mais justa e um mundo melhor para o futuro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: