Publicado por: astromundoacs | agosto 21, 2012

JULHO: O SIGNO DE LEÃO E O MITO DE APOLO

JULHO: O SIGNO DE LEÃO E O MITO DE APOLO

                                                                                                                                                                                                          Antonio Carlos Scavone

A história do mito de Apolo é muito ilustrativa do poder, do brilho, da beleza e da força de criação do signo de Leão.  De acordo com a lenda, todas as manhãs, Apolo transportava o carro do Sol para o alto do céu.  Seu carro trazia luz, vida e beleza aos seres humanos e divinos. E a Terra inteira se enchia de luz.  Doze horas mais tarde, ele recolhia o carro dourado e deixava a escuridão da noite abraçar a Terra, entristecida.

Uma vez por ano, o Sol desaparecia por longos meses, porque Apolo viajava, com o seu carro, ao país dos Hiperbóreos, que viviam em eterna paz, alegria e juventude, porque eram protegidos pelo jovem deus, que permanecia com eles, durante o tempo em que a Terra era coberta pelo manto gelado e cinzento do inverno.

Passado esse período, Apolo retornava com seu carro dourado, trazendo novamente a luz e a vida com a tão sonhada primavera.  O que ilustra a importância do sol, da luz e do calor para as pessoas nascidas nesse signo. Principalmente como fatores que as recarregam energeticamente e as tornam mais aptas para refletirem seu brilho e beleza às outras pessoas.

A questão central de Leão pode ser sintetizada na pergunta: “Quem sou eu?” Seguida de “O que me diferencia dos outros? E a busca destas respostas torna-se a grande busca leonina e o caminho da realização individual que esse signo busca. O principal caminho do Leão é para dentro de si mesmo e seu processo criativo nasce e se produz a partir de sua autodescoberta. E é essa descoberta que trará a consciência da grande força criativa (um verdadeiro banco de sêmen) que existe dentro deles e que pode se manifestar das mais variadas formas e linguagens. Uma vez descoberta, os caminhos estarão livres, para efetivamente crescerem, criarem e usarem todo o seu potencial. Autoexpressão, é pois uma questão central. Mas exige autenticidade.

Assim, os leoninos são autocentrados, o que pode se tornar irritante para os outros signos, mas todos, e também próprio Leão, precisa entender que isso é um impulso poderoso para o autoconhecimento.  Evitando a arrogância e o anseio de sempre querer ser o centro das atenções, acabará descobrindo que é brilhante e luminoso para os outros, não pelo que ele faz, mas por aquilo que verdadeiramente é.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: