Publicado por: astromundoacs | novembro 19, 2013

AFINAL, O QUE É A ASTROLOGIA?

                                                         AFINAL, O QUE É A ASTROLOGIA?                                                                                             

                                                                                                                        ANTONIO CARLOS SCAVONE

 sistema_solar_novo

A Astrologia não é uma crença. Portanto, não se trata de acreditar nela ou não. A Astrologia é um saber. Muito antigo e tem, no decorrer da história humana, fascinado os seres humanos. Por isso, ela não tem nada a ver com religião, filosofia e, pasme-se, nem com misticismo.

Isso não impediu, porém, que seu uso tenha sido desviado no sentido da religião, da filosofia ou do próprio misticismo. E que, devido principalmente ao seu lado esotérico, ela tenha sido vítima de mal entendidos, preconceitos, superstições e perseguições. E também tenha sido combatida por aqueles que se sentiam ameaçados por ela, em seus domínios ou em sua autoridade. Daí se origina a condenação que algumas religiões fazem a ela, até os dias de hoje. Afinal, a Astrologia é regida por Urano, o Prometeu, e é por essência libertadora. Traz a Luz da Consciência, e todos os tipos de poderes temem essa Luz…É interessante observar que, antes dos gregos, a Astrologia só era usada para os reis e as nações. Fazia-se o mapa do rei, para saber o que ia acontecer no reino. E as grandes preocupações eram com as colheitas, com as guerras e com acontecimentos, que de alguma forma, alterassem os destinos do coletivo. Tal análise era totalmente possível, devido ao fato do mundo ser mais unitário e simples. Hoje, não se poderia analisar o mapa astral, mesmo de um pequeno país, pelo mapa do seu presidente, embora o mesmo possa esclarecer e comprovar escolhas, rumos e tendências. Pois, o Mapa Astral de um país mostra também que tipo de presidente é magnetizado, num dado momento. Assim, a Astrologia Pessoal, historicamente, é algo novo, no Ocidente.

A Astrologia é uma ciência, no sentido de que ela parte de cálculos reais e concretos e bastante sofisticados. É uma ciência do tempo, pois pode pontuar e revelar ciclos pequenos, que interessam mais aos indivíduos. Ou ciclos maiores, somente possíveis às instituições centenárias, às nações, ou ao planeta, tais como as eras astrológicas. Mas é também uma arte porque exige além do saber uma intuição e um dom para que seu sistema de símbolos seja interpretado. Seu princípio básico é o mesmo que norteia toda a ciência esotérica: “Assim como é em cima, assim será embaixo.” Ou seja, o Macrocosmos se espelha no Microcosmos, onde vivemos. Por isso, os antigos diziam que a Astrologia era o casamento de Uranos (Céu), com Gaia (Terra). E seu instrumento principal é o Mapa Astral. O Mapa Astral mostra como estava o céu, no momento em que a pessoa nascia, em relação ao lugar físico do planeta e ao tempo cronológico de seu nascimento. O mesmo vale para um evento. É claro que esse céu é simbólico, pois ele fala de alguns planetas que no inconsciente humano estão carregados de uma simbologia, que serve e se adapta para as diferentes épocas da história humana e que, por isso se chamam arquétipos, ou seja, princípios de validade permanente, para nós. Por exemplo, o Sol é o rei, e hoje continua sendo a autoridade, o presidente, o diretor. Vênus é o princípio feminino do magnetismo do amor, como a mulher se mostra, atraindo o princípio masculino Marte, que é o homem. E assim por diante… Podem mudar os conceitos e os papéis desses princípios, mas suas essências se manterão para sempre. E esses significados vão se ampliando, na medida em que novas descobertas científicas forem acontecendo, e novos instrumentos forem sendo descobertos. Por exemplo, a Física Quântica, o Raio Laser (que quebra o paradigma das Leis Aristotélicas), o supersônico, a própria Internet…O Mapa Astral, ao contrário do que muitas pessoas pensam, não existe para fazer previsões. Lembre-se que até o Renascimento era comum um homem ter toda a cultura do seu tempo. Antigamente, pois, o mundo era mais previsível e a atitude das pessoas também. Acreditava-se até que a Terra era quadrada. Depois do Renascimento, a descoberta de novos continentes físicos expandiu as possibilidades humanas. No limiar deste novo milênio, o homem amplia os seus limites físicos e psíquicos, buscando novos planetas, novas possibilidades através da genética, descobrindo dimensões insuspeitadas do seu cérebro e do próprio físico, mente e psiquê. E vivendo um tempo mais psíquico e um espaço mais virtual. Por isso Netuno (que rege as redes, físicas, psíquicas e da Internet) e Urano (que rege a alta tecnologia, a robótica, o digital, a sincronicidade) só para citar dois planetas, são mais amplamente compreendidos.

Nunca coube à Astrologia dizer ao ser humano o que vai acontecer, como muitos esperam ainda dela. Quando isso é feito, a pessoa é empurrada ou sugestionada para optar por uma das possibilidades e se fecha para as outras. Cabe a Astrologia mostrar para a pessoa o que ela vai experimentar e orientá-la para que use os seus recursos da forma mais apropriada, naquele momento de sua vida. Eis o grande papel que a Astrologia pode ter no mundo de hoje, além de nos visualizar inteiros numa mandala, o de nos orientar nas decisões de nossas vidas, desde um pequeno fato, até uma decisão maior. Através dela, é possível saber como a pessoa vai se sentir num determinado momento, qual o instante mais adequado para tomar uma decisão, até compreender o sentido maior de uma guinada em sua vida. Ou como atravessar uma tempestade, um tornado ou até mesmo um tsunami, de forma mais tranquila, e às vezes, estrategicamente, pela única saída que resta…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: