Publicado por: astromundoacs | agosto 4, 2013

JULHO: SUA MAJESTADE, A LEOA

SUA MAJESTADE, A LEOA

leoa

                                                                  Antonio Carlos Scavone

É, sobretudo, uma pes­soa sentimental. Às vezes, esse sentimentalismo pode chocar. Ela pode ser casa­da com você e inexplicavel­mente, apesar de sua gran­de fidelidade e amor guar­da alguma lembrança de um ex-namorado.  A majestade, sem dúvi­da, é um atributo leonino. É de se esperar, pois, independente de classe so­cial, que a leonina expresse, nas suas atitudes, realeza, nobreza e importância. Po­rém, se puder escolher um nome preferirá sempre al­go mais pomposo e aristocrático. Agrada-lhe a idéia de um casamento que pos­sibilite um nome onde a tradição possa repercutir com força. É natural que a “leoa” seja uma líder social de seu grupo, e que governe como uma rainha. Mas ela sabe­rá fazê-lo com muita clas­se, calor e coração. Ela po­de ter uma influência até sobre a moda ou a etiqueta durante o seu reinado, seja no seu pequeno grupo ou na sociedade maior. Embora generosa, sabe lutar pelo seu trono, ante a possibili­dade de perdê-lo. O magnetismo da mulher de Leão, a menos que ou­tros fatores no mapa astral o deprimam, é muito inten­so. Sua vivacidade, inteligência, sua graça, majestade, e sua beleza solar e sua atração sexual são lendá­rias. Compõem um todo tão rico que talvez só pudesse ser preenchido por duas ou mais mulheres. Por isso, não raro, assusta os ho­mens, embora os fascinem, sempre.

Talvez depois de algumas tentativas frus­tradas, o herói masculino saia com a frase: “É muito estrela para o meu céu”. E desista, não sem amar­gor. Coitado, porém, se qui­ser dobrá-la a sua vontade, e fazê-la sua escrava.  O ouro do mundo não basta para tanto. Ela não se ven­de, sabe manter sua digni­dade. O seu amor tem o sa­bor de um título concedido como honra. Se você for o beneficiado, sinta-se feliz com ele. Acredite, não é pouco. Escolhido, dê a essa mulher a consideração que merece. Tal como o diretor de uma peça, deixe-a brilhar no palco e dirija-a dos bas­tidores. É o único jeito de ter na mão sua rainha. Mas, não se iluda. Ela pre­cisa sempre do papel prin­cipal, e se você retirá-lo, protestará. Então, poderá conhecer a força da leoa, e de tudo que é capaz em ter­mos de rebeldia.

ENERGIA MASCULINA  Isso não significa que de­seje um homem fraco. Sen­do solar, admira a força e a masculinidade e não quer transformá-lo em alguém simplesmente manso e obe­diente. Ela precisa sentir na pessoa que ama uma energia de tom compatível com a sua realeza. Sem is­so, não poderá amar o com­panheiro. Ela não se consi­dera o sexo mais fraco. A leoa adora ser homena­geada. Presentes caros e de bom gosto são os seus fa­voritos; a bajulação preci­sa acompanhá-los. O seu fraco é o elogio. Às vezes, não consegue distinguir o verdadeiro do falso, e isso pode lhe criar armadilhas, nas quais se torna presa fá­cil. Ela deve desenvolver um maior senso de realiza­ção ao seu verdadeiro va­lor. Isso, porém, dificilmen­te evitará que se sinta aci­ma da gente comum. Uma certa arrogância e vaidade são muito comuns, mas a generosidade de alma com­pensa. E, apesar da natu­ral inveja que seu brilho possa despertar, de uma forma geral, é reconhecida como fora do comum. Gra­ças e tanto, é mister origi­nalidade e criatividade nos elogios, nada de vulgarida­des e lugares comuns. E não seja muito prosaico com ela. Convide-a para sair onde não se sinta cons­trangida pela mesquinha­ria. Mesmo de vez em quando, leve-a a um lugar fascinante, no qual ela te­nha oportunidade de bri­lhar.

Lembre-se, o Leão re­ge a arte dramática. Se houver palco e show se sen­tirá bem. E ela poderá se sentir participante das lu­zes da ribalta o que lhe despertará uma grande felicidade. A leonina parece bastan­te calma, suave e inofensi­va. Porém é capaz de de­sencadear tempestades, com a sua força dramática. Sua placidez e delicadeza, seu porte cortês, não espe­lham o fato de que pode es­conder o seu rugido, mas todos os dias, afina-o.

A realeza, contudo, tem o seu preço. A não ser que o resto do mapa desminta, ela gosta de gastar. É mui­to fácil passar da conta, principalmente se for des­pesas com roupas e ador­nos ou presentes para os outros. Seu bom gosto cus­ta caro e geralmente vem acompanhado de quantida­de. É o lado leonino exage­rado, mesmo no uso do bom e do melhor. Em alguns ca­sos, há o excesso e a ele­gância é sufocada pelo cho­cante do mau gosto, mas, não é a regra geral das mu­lheres deste signo.

A exuberância de sua personalidade retrata-se muito bem no seu papel de esposa. Gosta da casa boni­ta e arrumada, mas cheia de gente. Sobre as quais possa derramar seus raios dourados de calor e luz. Mas detesta se sentir en­jaulada como se estivesse numa gaiola de ouro. Confi­nada fenece, o lar não pode lhe roubar a carreira e a independência.

ANFITRIÃ. Uma de suas grandes qualidades é saber rece­ber. Não quer estar mal apresentada para as pes­soas de casa e muito menos para os de fora. É uma an­fitriã inata, capaz de obse­quiar a todos indistinta­mente. Isso lhe dá popula­ridade e nada mais gostoso do que participar de uma recepção oferecida por uma leonina. Ela também apresenta uma originalidade como mãe. É muito protetora dos filhos e sabe lhes dar amor e afeição. É autoritária, mas nem sempre consegue que lhe obedeçam, apesar da cara feia. Mas, seu potencial de ludismo, faz com que saiba brincar com eles, no seu nível. E com os filhos deles, mais adiante. Sabe também manter longas conversas e lhes ensinar as regras da etiqueta. Mas o mimo excessivo que lhes passa poderá facilmente os estragar. Cede muito aos seus pedidos e gastando com coisas supérfluas. Transmite muito do seu sentido de nobreza, e os tra­ta como se fossem de uma família real. Ela se orgu­lhará muito das suas faça­nhas e torcerá bastante por eles. Mesmo adultos, não perderá deles o olho vigi­lante e assim, saberão lhes dedicar atenção. É surpreendente ver o quanto as leoninas conse­guem ser informais e brincalhonas, com os íntimos. Pe­rante os estranhos, porém, nunca perderão a pose. E pode-se perceber nela a força da jovialidade, mantendo-se com garra no tempo. Daí, são ótimas avós capazes de entender, sen­tir as necessidades de seus netos e dialogar com eles, em nível de igualdade. Porque, sendo o seu regente o Sol, adoram tudo aquilo que expressa a ple­nitude da vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: