Publicado por: astromundoacs | outubro 5, 2012

OUTUBRO: QUEM TEM MEDO DO ESCORPIÃO?

OUTUBRO: QUEM TEM MEDO DO ESCORPIÃO?

1184997_607556829296934_1931977482_n

                                                                                                                                                               Antonio Carlos Scavone

Nenhum signo talvez se­ja tão temido ou execrado pela maioria das pessoas quanto o de Escorpião. Basta ver as respostas das enquetes populares. Qual seria o motivo disso?

Não há dúvida que Es­corpião é o signo que nos causa mais perplexidades e é o menos compreensível do zodíaco, racionalmente falando. É verdade, também, que os escorpiões não facili­tam nada a opinião contrá­ria da que se difundiu sobre eles. Por isso, sua imagem inspira desconfiança, às vezes cau­sa medo, na medida em que se ex­pressa sempre de uma forma mais insidiosa.

Mas, as pessoas se esquecem que Escorpião é um signo de água, e por isso está diretamen­te conectado ao sentimento, e além do mais é um signo de qualidade fixa, o que o torna muito obstinado e intenso, em tudo o que sente. Diferente dos outros signos de água, nele, a emoção e a sensibilidade são muito profundas, e profundo é palavra escorpiônica. Assim, Escorpião é afetado pelas correntes emocionais que estão ao seu redor ou den­tro dele mesmo. Muito sus­cetível aos sentimentos dos outros, facilmente se sente ferido, ou empático e com­passivo à dor humana. Po­de experimentar uma inten­sa solidão e ao mesmo tem­po ser movido por uma vo­raz necessidade de relacio­namento.

Uma das causas do temor que inspira, é sua visão de raio-X. Capaz de enxergar através da aparência e das máscaras, mostra à consciência humana aspec­tos que ela não gosta, não pode ou não quer ver. Sabe o lado incons­ciente do homem e é um agente eficiente no processo da transformação. Como rege o lixo psíquico, tem uma ligação com a Psicanálise e a Psicologia. Cirurgião de almas, penetra na alma hu­mana com facilidade e pode retirar de lá tudo aquilo que precisa ser extirpado. É fa­to que, nem sempre lidará com esse lado de uma for­ma equilibrada. E quando isso acontecer, seguidamen­te provocará, usando, des­de o sorriso ou a ironia, até a palavra ou o silêncio e causará mal-estar. E nesses momentos, mais do que qualquer outro signo, pode­rá despertar na alma huma­na o seu pior lado. Pois escorpião rege o lado arcaico e cruel da humanidade, presente no inconsciente humano.

À luz da Mitolo­gia entenderemos melhor as particularidades deste sig­no. O Escorpião tem na serpente, um de seus mais antigos e expressivos símbolos. Através dela, era representado pelos egípicios, os caldeus e os hebreus. Esses povos viam-na como símbolo da imortalidade e da auto-renovação constan­te. Ela simbolizava a sabe­doria da própria terra, unindo eternidade e conhe­cimento da vida secreta de tudo. Movendo-se junto ao chão, sabe o se­gredo das raízes de todas as coisas. Possui uma face dupla: a escura e a luminosa, a boa e a diabólica. Assim, o Es­corpião tem um grande po­der para o bem e para o mal, para a cura ou a des­truição.

Esse aspecto da sobrevi­vência é um dos mais for­tes. Nos meios onde reina a fome, a desnutrição e a mortalidade infantil, o lixo físico (os lixões) as crianças deste sig­no, ou com ele fortalecido em seus mapas, possuem maior capacidade de sobrevida, pois é imensa a energia psíquica do Escor­pião. No nosso cotidiano, temos vários episódios ilustrativos de pessoas que sobrevivem em situações humanamente consideradas impossíveis, pelo senso comum. Inclusive em tragédias naturais. Vale lembrar que Escorpião rege os vulcões, os terremotos, os maremotos, os tsunamis, e seus sobreviventes, é claro.

Outro símbolo que mui­to bem lhe expressa é o da Fênix, ave mitológi­ca que se consumia em fogo e das próprias cinzas renascia para um novo vôo. Escor­pião rege a morte, mas a morte no sentido oculto. Aquela que deixa implícita a ressurreição. E muito significativo que, no Hemisfério Norte, durante es­te signo, muitas plantas ex­perimentam uma espécie de “morte”. Mas não mor­rem, simplesmente dormem até “renascerem” na primave­ra. No Hemisfério Sul, em Escorpião, as sementes es­tão se preparando para se regenerarem ou para “re­nascerem” (porque, aqui, es­tamos na primavera), em­bora muitas delas permane­çam dormindo e não consi­gam crescer. Quando as pessoas experimentam mudanças catastró­ficas em suas vidas, elas também permanecem ador­mecidas (em choque) até que o valor das suas expe­riências é tornado conhe­cido para sua mente cons­ciente. Então elas podem começar a viver (crescer) novamente e, deste modo, “renascer”.

O animal escorpião não é dos mais fáceis de se des­crever, mas pode nos ofere­cer pistas precisas sobre o temperamente do signo. E um animal isolado e o Ser humano escorpiônico não é uma criatura coletiva tam­bém. Além disso, é um ani­mal que ataca somente quando molestado. Provo­que este signo, aparente­mente tão plácido, e veja o resultado. Ele é, talvez, o maior lutador do zodíaco, por uma razão muito sim­ples, luta de corpo e de al­ma. No entanto, como o animal que lhe dá o nome, possui um grande potencial de autodestruição, que é acionado quando se sente acuado e sem saída. Essa pode se traduzir de muitas formas. Algumas muito su­tis, quase imperceptíveis, outras claras e diretas. Por tudo isso, a grande e subli­me tarefa do Escorpião é aprender a utilizar a sua fa­ce iluminada e construtiva para se conhecer, para com­prender melhor a alma hu­mana e poder, dessa forma, se ajudar e ajudar os outros em seus processos de cresci­mento e transformação.

Depois da passagem de seu regente Plutão por esse signo, entre 1985 e 1995, aquela figura oculta cujo reino são os ínferos, onde o sol não entra, começou a ser melhor assimilada pela Humanidade, sobretudo no Ocidente. E hoje, ela está na mídia, através de figuras emblemáticas de autoridade e da fama, embora prefira sempre ser eminência parda e dessa forma realmente exercitar o poder. E invade nossos lares pela Internet, pela mídia e até pela novela das oito, com seus vilões, psicopatas, justiceiros, curadores. Quem tem medo, ainda, de Escorpião?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: