Publicado por: astromundoacs | setembro 7, 2012

O RETORNO DE SATURNO

O RETORNO DE SATURNO 

1393760_615519078500709_283288928_n

Antonio Carlos Scavone

Saturno simboliza tanto um processo psíquico, quanto uma qualidade ou tipo de expe­riência. Não é um mero repre­sentante da restrição e da disci­plina, mas é também (e princi­palmente) um símbolo do pro­cesso psíquico que vivem todos os seres humanos, através do qual o indivíduo pode utilizar a experiência da restrição e da disciplina como um meio de crescimento e realização.

Os ciclos de Saturno têm du­ração de sete anos. O primeiro começa com o nascimento, o segundo aos sete anos, o terceiro na adolescência aos catorze anos, o quarto aos vinte e um anos e o quinto – sem dúvida o mais importante – ocorre aos 28 anos. Na verdade estas cinco fases estão dentro do contexto de um primeiro grande ciclo saturnino que co­meça com o nascimento e conclui quando chegamos aos 30 anos – este é o ciclo genérico que ocorre com todas as pes­soas. A forma como se mani­festa na vida de cada um, de­pende do signo e posição de Sa­turno no Mapa Natal.

É comum ouvirmos as pes­soas comentarem que alguma coisa muito forte, ou muito de­cisiva ou até mesmo definitiva aconteceu em suas vidas por volta dos 28 anos. Astrologicamente esse período é o que cha­mamos de “retorno de Satur­no”, porque é quando este pla­neta retorna ao grau exato do signo em que estava no nosso nascimento. Essa passagem (ou trânsito) de Saturno, chamada retorno, marca o nosso “nascimento” como indivíduos dentro do grupo so­cial, e diferenciado do nosso nú­cleo original, o familiar.

Ao longo de todo este primeiro grande ciclo estamos em formação: é quando passa­mos pela escola em todos seus níveis e chegamos finalmente ao mundo profissional. Por volta dos 28 anos, geralmente precisamos tomar alguma de­cisão (mais ou menos definiti­va) que terá muita importância no rumo de nossas vidas, nas asso­ciações que fizermos e na ativi­dade ou função que já cumprimos ou vamos cumprir no nosso papel na sociedade, de forma significativa. Aqui Saturno é a força que afirma o presente através da ro­tina compulsiva da existência. Sem dúvida alguma, nosso de­sempenho dependerá do cresci­mento e grau de maturidade al­cançado durante as fases anteriores. Saturno sempre nos traz a colheita daquilo que semeamos.

O momento do chamado re­tomo de Saturno começa a se manifestar quando ele volta ao signo em que estava no momento do nascimento. Como Saturno é um planeta muito lento, ele demora em média 2 anos e meio para atravessar cada sig­no, portanto, esse retorno co­meça por volta dos 30 anos. Este será, sem dúvida, um dos períodos mais importantes, se­não o mais importante, de nossas vidas. Sua característica são os términos e os novos inícios de ciclos.

Nesse período, nossos relacionamentos passam por muitas transfor­mações (ou acabam). É comum algumas pessoas casarem, outras terem filhos. Po­demos mudar de residência ou profissão, ou mesmo de empre­go. Ou sentir que será necessário fazer agora tudo o que sempre quisemos (e não tive­mos coragem de assumir) por­que mais tarde não teremos ou­tra chance – claro que esta é só uma sensação, não necessaria­mente real. O que vai ocorrer, é que uma parte substancial de nossa vida estará se encerrando – porque cum­priu seu ciclo e novas perspectivas estarão se abrindo. Cabe, a cada um, aproveitá-las da me­lhor maneira, usando os recur­sos adquiridos, neste grande ciclo. Por isso se diz que nunca se deve tomar decisões de estrutura de vida ou definitivas, antes desse período, porque não se sustentarão. Mas também, se não fizermos as mudanças exigidas, as estruturas se cristalizarão e será muito difícil fazê-las posteriormente.

Consciente ou inconsciente­mente é neste momento que fa­zemos uma espécie de “limpeza da bagagem”, quando passa­mos em revista todos os aspec­tos de nossa vida e escolhemos aquilo que nos serve e o que já não serve mais e deve ser descartado. Se este processo não estiver acontecendo consciente­mente, podemos experimentar uma sensação de perda de vá­rios elementos de nossas vidas que agora estão no fim. E isto vai desde perder o gosto por coisas que antes eram impor­tantes até a perda de coisas mais concretas (como as separações ou afastamento de pes­soas queridas).

Porém, é im­portante não se deixar abater com essas perdas, porque elas são realmente necessárias, para que possamos começar o nosso período de maior atividade na vida, real e verdadeiramente nosso. Sendo este o primeiro re­torno de Saturno (o segundo ocorrerá por volta dos 58 anos) é preciso mesmo se desfazer dos véus ilusórios, e construir nosso caminho em novas bases mais sólidas, para ter mais sucesso e viver melhor. Se tivermos construído nossas vidas ao redor de coisas que não são apropriadas a nós, então este poderá ser um momento de crise. Entendendo crise no sentido grego, uma pausa que nos obriga a uma triagem.

Mas se tivermos agido segundo nossas motivações mais verdadeiras, este trânsito será a marca de um período de solidificação e o começo de novas fases de ativi­dade. É esta volta de Saturno que torna as pessoas que têm mais de 30 anos diferentes das que têm menos, porque é este retorno que marca o nosso nas­cimento como indivíduos úni­cos, donos de nosso destino, Individualizados, em relação à família. Di­ferenciados da grande massa e capazes de construir aquilo que mais acreditamos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: